King's College London

Research portal

Implementação em Portugal de um estudo de prevalência da demência e da depressão geriátrica: a metodologia do 10/66 Dementia Research Group

Research output: Contribution to journalArticle

Manuel Gonçalves‐Pereira, Ana Cardoso, Ana Verdelho, Joaquim Alves da Silva, Manuel Caldas de Almeida, Alexandra Fernandes, Cátia Raminhos, Cleusa P. Ferri, Martin Prince, Miguel Xavier

Original languageSpanish
JournalRevista Portuguesa de Saude Publica
Early online date3 May 2016
DOIs
Publication statusE-pub ahead of print - 3 May 2016

Documents

King's Authors

Abstract

ResumoIntrodução A demência e a depressão têm um impacto social muito significativo. Em Portugal, escasseiam dados epidemiológicos em pessoas idosas na comunidade. Em países em desenvolvimento, o 10/66 Dementia Research Group (DRG) conduziu múltiplos estudos sobre a prevalência e a incidência destes quadros. Os protocolos de avaliação 10/66‐DRG foram validados extensivamente nesses países, havendo vantagens potenciais na aplicação em regiões europeias com populações idosas de baixa escolaridade. Neste estudo, fundamentamos e descrevemos a implementação em Portugal da metodologia 10/66‐DRG para estudo da prevalência da demência e da depressão geriátrica. Materiais e métodos O trabalho de campo desenrola‐se numa fase única, em áreas geográficas definidas, sendo avaliados detalhadamente e de forma sistemática todos os residentes de 65 anos ou mais. A informação é recolhida dos participantes e de informadores próximos (www.alz.co.uk/1066/). Resultados Selecionámos e mapeámos uma área urbana (em Fernão Ferro) e outra rural (em Mora), definindo amostras finais de 702 e 779 pessoas, respetivamente. Os instrumentos de avaliação foram cuidadosamente traduzidos e adaptados ao contexto português. Teve lugar um treino rigoroso dos entrevistadores, assegurando a fiabilidade de cotação interobservadores. Discussão e conclusão A aplicação dos protocolos 10/66‐DRG permitirá obter dados robustos de prevalência de demência e de depressão, com amostras comunitárias de pessoas idosas em Portugal. Dada a validade internacional da metodologia utilizada, estes resultados serão comparáveis com os de outros centros 10/66, à escala mundial. AbstractIntroduction Dementia and depression have a huge social impact. In Portugal, epidemiological data is scarce regarding community dwelling elderly people with these conditions. In developing countries, the 10/66 Dementia Research Group‐DRG has conducted multiple studies on the corresponding prevalence and incidence. The 10/66‐DRG protocols for population‐based studies were extensively validated in those countries, and there is a rationale to apply them in low literacy elderly populations in Europe. We describe the implementation of the protocols related to the prevalence study (on dementia and geriatric depression) in Portuguese settings. Materials and methods This is a one‐phase survey, in which all people 65+ years living in defined catchment areas are comprehensively evaluated. Information is collected directly from participants and from a related informant (www.alz.co.uk/1066/). Results We selected and mapped an urban area (in Fernão Ferro) and a rural one (in Mora). The final samples were n = 702 and n = 779 respectively. Questionnaires were carefully translated and culturally adapted. Rigorous training procedures took place to ensure inter‐rater reliability. Discussion and conclusions The implementation of the 10/66‐DRG protocols will lead to robust data on the prevalence of dementia and depression in community samples of elderly people in Portugal. Given the international validity of our methodology, these results will be comparable with those from other 10/66 centres around the world.

Download statistics

No data available

View graph of relations

© 2018 King's College London | Strand | London WC2R 2LS | England | United Kingdom | Tel +44 (0)20 7836 5454